Notícias

28/11/2017

Petróleo opera em queda, com dólar mais forte e à espera de novidades da OPEP

Reunião do cartel acontecerá nesta quinta-feira para discutir a prorrogação do acordo de corte de produção.

Os contratos futuros de petróleo operam em baixa na manhã desta terça-feira (28).

 A commodity é pressionada pelo dólar mais forte (R$ 3,22) e também há expectativa pela reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) que ocorrerá no próximo dia 30, em Viena.

 Às 9h32 (de Brasília), o petróleo WTI para janeiro caía 0,88%, a US$ 57,60 o barril, em Nova York, e o Brent para fevereiro, contrato mais líquido, recuava 0,76%, a US$ 62,90 o barril, em Londres.

Os preços do petróleo avançaram mais de 20% desde setembro, diante da expectativa de uma extensão no acordo, bem como por alguns episódios que elevaram o risco geopolítico.

A OPEP e outros países de fora do grupo, como a Rússia, decidem na quinta-feira se estenderão o prazo do acordo em vigor para cortar a oferta. Atualmente, a iniciativa tem fim previsto para março, mas investidores acreditam que ela poderia vigorar até dezembro de 2018.

Na avaliação de Norbert Rücker, diretor de pesquisas em macro e commodities do Julius Baer, é preciso manter a cautela sobre os preços do petróleo, em meio a sinais de que a produção de xisto continua a manter força nos EUA.

ÚLTIMA NOTÍCIA

05/12/2017

Petróleo opera em baixa, em meio a preocupações com produção dos EUA

Os operadores estão dando mais à produção dos Estados Unidos.

Petróleo opera em baixa, em meio a preocupações com produção dos EUA
Ver mais »
Voltar para Notícias